1_kane_site.png

          

Escritores e Cineastas contra o regime militar: um estudo comparativo

Entre 1964 e 1979 escritores e cineastas se manifestaram de diversas maneiras contra o regime militar. Podemos analisar o confronto em três momentos nítidos: antes do Ato Institucional nº.5; um segundo momento entre 1968-77 e depois do lançamento de "Em câmera lenta", de Renato Tapajós. 

A cada um desses períodos, o imaginário dos escritores e cineastas foi a expressão de mais liberdade ou mais tolhimento até que o período de abertura “lenta e gradual” definiu uma nova política para o país.

Palavras-chave: Literatura, Cinema, Ditadura, Intelectual

Abstract: Writers and filmmakers manifested in diferents ways against the military regime between 1964 and 1979. We can analyze the confrontation in a well defined three moments: before the Ato Institucional n.5 (1964-68), a second period between 1968-77 and after the release of Renato Tapajós’s book Em câmera lenta. Each of these moments defines the imagination of writers and filmmakers in a way of more freedom of speech or more stunting until the so called period of the “abertura”, classified as "lenta e gradual", defined a new state policy.

Keywords: Literature; Cinema; Dictatorship; Intelectual 

Link para download: 

good http://mnemocine.art.br/index.php/downloads/doc_download/58-escritores-e-cineastas-contra-o-regime-militar-um-estudo-comparativo

linkchecking powered by Union Development