RTV


Rádio e TV


Apesar de serem mídias diferentes, são geralmente relacionadas em conjunto, e com certa razão, pelo fato de ambas serem baseadas no princípio de transmissão de informação à distância, sendo o rádio o meio sonoro e a TV o meio audiovisual.
É interessante notar que, mesmo a TV tendo a possibilidade de emitir som e imagem, o rádio, que só transmite som, não foi desbancado pela invenção da TV, e ainda hoje é um meio de comunicação de extrema utilidade e ampla disseminação pelo mundo todo.

Rádio – É a designação para uma banda específica de freqüências eletromagnéticas que são utilizadas para transmitir informações a longa distância, a radiofrequência. Seus princípios baseiam-se na conversão de um sinal elétrico simples (uma onda elétrica advinda de um microfone ou de uma gravação sonora) numa freqüência eletromagnética específica, as ondas Hertzianas, que podem daí ser transmitidas pelo ar e captadas por um aparelho receptor específico chamado genericamente de rádio, que decodifica o sinal eletromagnético novamente numa onda elétrica simples e reproduz, através de um alto falante, a informação.
Este conceito simples foi descoberto no século XIX por diferentes cientistas, entre eles Hughes, Hertz, Tesla, Moura, Popov e Marconi, tendo se consolidado como meio de comunicação a partir de 1897, quando foi criada a primeira estação de rádio oficial na Inglaterra.


Há dois tipos de bandas para transmissão de rádio: a Amplitude Modulada (AM, de freqüência média, entre 0,3 Mhz a 3 Mhz) e a Freqüência Modulada (FM, freqüência muito alta (VHF), de 30 a 300Mhz).
No AM, a amplitude do sinal é que muda conforme a variação da amplitude do sinal capturado, sendo que a freqüência não muda. Isso permite com que o sinal viaje por um espaço muito maior, com raio de alcance praticamente ilimitado, mas tem pouca qualidade e sofre diversas interferências ao longo de seu caminho.
Já no FM, a freqüência do sinal é que varia, e não sua amplitude. Por isso, a qualidade é muito maior e as interferências são menores, mas em compensação seu raio de alcance é de 80 a 160 quilômetros apenas.

TV – Abreviação de Televisão, palavra de origem híbrida, do grego Tele (longe) e do latim Vision (video, ver na primeira pessoa, “eu vejo”), ou seja, “Ver de Longe”.
Justamente essa característica permite a transmissão, através de um sinal de rádio em VHF (Very High Frequencey) ou UHF (Ultra High Frequency), de uma informação audiovisual de um ponto a outro, sendo uma antena a transmissora e o aparelho de TV o receptor. O termo pode ser usado tanto para designar o aparelho receptor como a estação transmissora e a própria produção para este tipo de mídia.


Sub-categorias

  • Rádio
    Este é o espaço para textos sobre o Rádio, suas implicações, sua história, seu papel como um dos meios de comunicação mais influentes de nossa era.
  • Televisão e Vídeo
    Este é o espaço de Mnemocine para discussão sobre aspectos mais relevantes da mídia eletrônica mais popular do século XX, a Televisão. Sua história, sua abrangência sócio-cultural e política, sua organização e seu futuro, são discutidos através de artigos, ensaios e críticas de renomados pesquisadores.

INSTITUCIONAL

ISSN 19806590

QUEM SOMOS

CURSOS E ASSESSORIAS

PARTICIPE

CONTATO

 

MENU MNEMOCINE

FOTOGRAFIA

CINEMA

RTV

 

ENSINO E PESQUISA

BANCO DE TESES

FILMES SILÊNCIOSOS 

BIBLIOGRAFIA

LINKS

 

COMUNIDADE

GALERIA

ENVIE UM ARTIGO

FALE CONOSCO

 

PARCEIROS